4 de janeiro de 2011

We're better together!

Hoje me ausentei de mim mesma para me concentrar apenas em você.
Fiquei pensando em todas as nossas atitudes... em tudo o que fizemos e deixamos de fazer.
E foi então que senti um aperto no peito que chegou a estrangular o meu ar; uma vontade de te abraçar e dizer que o que mais quero é estar contigo. Quando abri meus olhos vi que você não estava por perto. E para ser bem sincera, não sei por qual razão isso me perturbou tanto; afinal, muitas vezes o quis por perto e não o tive.
Muitas vezes desejei em vão o seu abraço, o seu carinho e a sua proteção. Muitas vezes quis trocar qualquer coisa por um mero segundo de atenção... por um momento em que estivéssemos a sós no mundo inteiro.
Não quero perder tempo revivendo um passado que não foi tão feliz. A ordem agora é otimizá-lo!
Já chega ter carregado a sensação de tê-lo perdido por tanto tempo. Já chega de negar meus sentimentos e também os seus!
Eu não quero mais dizer não. Nem para você, nem para mim.
Já que a vida nos deu uma segunda chance, por que não aproveitá-la?!
O que desejo hoje não é nada além daquilo que sempre quis para nós. Não vejo a hora de preocupar-me apenas em ser feliz contigo. Entretanto, quero mais do que simplesmente estar por perto como, na verdade, sempre quis. Quero sentir-me livre em sua companhia e fazer tudo o que outrora não fomos capazes.
Perdemos muitas oportunidades, as outras, nos roubaram; mas existe algo maior que ainda nos quer juntos. Há uma força, talvez até sobrenatural, que nos une.
É verdade que nos amamos, que nos queremos bem, mas muitas vezes a razão tenta nos convencer de que fomos feitos para vivermos platonicamente. Por favor, não dê ouvidos a ela! Escute a voz que grita, ou sussurra, dentro de você. Não desista do nosso futuro, dos nossos planos. Queira a minha companhia, o meu abraço, o meu beijo, tanto quanto eu quero os seus!
Não desista de nós dois... não nesta altura do campeonato! Não agora quando a vida nos oferece uma chance para recomeçar!
Acredite em tudo o que vivemos e, sobretudo, naquilo que iremos construir.
É difícil, eu sei. Há sempre uma pedra no caminho, um obstáculo para transpor; mas estes não são infinitos... infinito mesmo é o nosso amor.
Então, Meu amor, não se dê o luxo de desanimar! Mas se isso acontecer faça como eu: feche os olhos, coloque a nossa música para tocar, pense em todos os nossos planos e sonhos, nas nossas promessas de nos fazermos felizes, e descubra um novo motivo para lutar.
Esse é o meu convite hoje... queira, incessantemente, o meu amor. Venha lutar por nós ao meu lado!

9 comentários:

  1. Sem pressa para lê-las, sem ansiedade para absorve-las...Não tem jeito, suas palavras sempre vêm na hora certa. E sempre trazem um gostinho de novidade. Abandonar você Bruninha ? JAMAIS.

    ResponderExcluir
  2. Saiba que vc uma das leitoras mais importantes para mim!

    =]

    ResponderExcluir
  3. Bruna, obrigada pelo selo. Fiquei contente! Aproveito para agradecer pelo carinho com o blog. Agora que a vida volta ao ritmo normal, espero colocar minha leitura em dia nos blogs amigos.

    Grande beijo, Ana

    ResponderExcluir
  4. Em um único texto conseguiste dizer tudo que eu nunca tive coragem! Chorei ): hahaha. Parabéns!

    ResponderExcluir
  5. Ana, não há porque agradecer o selo, você o merece muito!

    Sabine, obrigada pela visita... espero que tenha gostado do blog! Volte sempre que quiser!

    Abraços!

    ResponderExcluir
  6. Obrigada, Paula! Volte sempre! Bjos

    ResponderExcluir
  7. Deixei um desafio pra você lá no blog.
    Caso se anime, será um prazer ler suas respostas.

    ResponderExcluir
  8. que lindo *-*

    Passando para avisar que esta havendo Sorteio no meu blog.. Participa?
    Se já estiver participando, desejo boa sorte! =)

    http://pamelanews1.blogspot.com/2011/01/sorteio-de-inauguracao_12.html

    ResponderExcluir